Blog

Acompanhe os nossos destaques

Gigante mundial de Telecomunicações, Huawei, volta a destacar Cabo Verde como caso de Sucesso da Transformação Digital

Bringing the Digital World to Cape Verde Archipelago, North Atlantic (Trazendo o Mundo Digital para o Arquipélago de Cabo Verde, Atlântico Norte) é o destaque dado a Cabo Verde pela multinacional chinesa de telecomunicações, Huawei, na sua publicação online “Liderando Novas TICs, o caminho para a transformação digital- Histórias de Sucesso da Transformação Digital".

O artigo que apresenta Cabo Verde como um caso de sucesso, pode ser consultado aqui.

Diretor Geral das Telecomunicações e Economia Digital, escolhido como embaixador do ID4Africa em Cabo Verde

Foi escolhido no 5º encontro do movimento ID4Africa para ser embaixador da Organização em Cabo Verde como pessoa de reconhecido mérito na criação de mecanismos que melhorem o processo de identificação das pessoas em Africa.

NOSI participa hoje, dia 27, do evento SUMA, em Las Palmas, a convite da Pró Empresa, no âmbito do Projeto INNOMAC.

NOSI participa hoje, dia 17, do evento SUMA, em Las Palmas, Canárias, a convite da Pró Empresa, no âmbito do Projeto INNOMAC, do qual é parceira. Como convidada também está a UniCV 

O projeto INNOMAC visa contribuir para o aumento da competitividade das PME inovadoras na Macaronésia (Gran Canaria, Madeira e Cabo Verde) com modelos de negócio inovadores ou baseados na tecnologia, através dos seguintes mecanismos:

Pro Empresa apresenta estudo sobre "Sistema Nacional de Inovação"

No passado dia 18 de junho, a DGTED esteve na apresentação do relatório final sobre o estudo do "Sistema Nacional de Inovação", um projeto liderado pela Pró Empresa.

Seminário Sucesso Empresarial através da Inovação

O NOSI e a DGTED estarão representados no Seminário no Painel de Debate sobre o tema “A Inovação no Desenvolvimento de Cabo Verde”.

Faça a sua inscrição e participe!

NOSiAkademia lança oficialmente a iniciativa JUMPSTART

JUMPSTART, uma iniciativa do NOSiAkademia destinada a suportar Projetos de Investigação e Desenvolvimento das Empresas Nacionais e Internacionais, foi lançada na manhã desta segunda-feira, 17 de junho, segunda-feira, nas instalações do NOSi, na cidade da Praia. Cerimónia presidida pelo Secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional, Dr. Pedro Lopes. O objetivo  desta iniciativa é fornecer gratuitamente as empresas os recursos de estagiários dedicados que executarão projetos de investigação e desenvolvimento consoante a necessidade da empresa.

Porque o JUMPSTART já é uma realidade, durante a cerimónia foi possível conhecer as experiências pioneiras das empresas que abraçaram este desafio - Smart Solutions, Green Studio e CheetahStart - bem como testemunhos dos oito estagiários que foram contemplados pelo programa.

Estes estagiários tiveram a preparação no NosiAkademia e agora estão tendo a oportunidade de fazer parte da criação de soluções tecnológicas inovadoras, trabalhando para construir um Cabo Verde cada vez mais digital.

Uma oportunidade única para as empresas, que usufruem de uma série de condições técnicas e humanas, a custo zero, para desenvolverem as suas soluções.
Uma oportunidade única para os estagiários no processo de integração no mercado de trabalho.

De acordo com a coordenadora do NOSiAkademia, Érica Andrade, de 2016 a 2018 o NOSi acolheu semestralmente de 12 a 14 estagiários. Mas o programa de estágios ganhou novas dimensões e passou a receber 24 estagiários trimestralmente graças à pareceria com instituições do Governo, como a Secretaria do Estado para Inovação e Formação Profissional, a Direcção Geral do Emprego Formação Profissional, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a Pró-empresa. Contudo, acrescentou, devido ao “grande sucesso do programa” resolveu-se duplicar o número de admissões e estagiários, passando a receber 48 jovens, a partir da próxima edição que acontece em Agosto de 2019.

 O secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, afirmou que o Jump Start é um salto para apoiar as empresas na inovação a custo zero. Segundo este responsável, pretende-se com este programa atingir três objectivos como reforçar as competências digitais dos jovens através da NosiAkademia, dar as empresas a capacidade de ter jovens preparados para fazerem uma revolução empresarial na área da inovação e inserir esses jovens no mercado de trabalho.

“Este é um programa que permite que o jovem ganhe, que a empresa ganhe e que o país ganhe. O jovem aprende com um projecto novo que está a desenvolver e a empresa ganha com o jovem dinâmico que saiu da universidade e que tem a capacidade para desenvolver de forma única uma ideia. Então, estamos aqui a tentar captar os melhores para que eles possam dar o seu contributo para a área da investigação desenvolvimento e inovação para as empresas”, explicou Pedro Lopes.

O secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional garantiu que o programa é feito a custo zero para as empresas e possibilita a integração dos jovens no mercado de trabalho. Por isso, defendeu que o lançamento da primeira edição do Jump Start serve como um repto para a adesão de outras empresas.