Blog

Acompanhe os nossos destaques

Inscrições para o Madeira Startup Retreat já abertas

A Startup Madeira, juntamente com o Turismo de Portugal e a NOVA SBE, está atualmente a divulgar as inscrições para o Madeira Startup Retreat.

Em 2020, a Madeira receberá novamente 10 startups internacionais que atuam na área do turismo e lazer, neste programa de aceleração.

De 1 a 30 de novembro decorrem as inscrições para esta terceira edição, onde startups internacionais poderão explorar novos nichos de mercado, numa ilha de referência no turismo mundial.

Este programa, que será realizado totalmente em inglês, acontece de 13 de janeiro a 21 de fevereiro de 2020, estando disponíveis todas informações sobre agenda, mentores, regulamento e inscrições em www.retreat.startupmadeira.eu

Façam a vossa inscrição e levem Cabo Verde ao Mundo!

O segredo da transformação digital é a conexão humana

Artigo da Margaret Dawson, publicado em 26 de setembro de 2019.

Sabemos que a transformação digital não é mais uma opção para as organizações de hoje - é um requisito. Os usuários finais esperam uma experiência fácil, digital-nativa, seja para pedir uma pizza ou automatizar toda uma infraestrutura de rede, e é por isso que empresas e governos estão investindo trilhões de dólares em novas tecnologias e serviços relacionados

Cabo de fibra óptica submarino Amílcar Cabral será importante para a integração regional de Cabo Verde

O cabo de fibra óptica submarino Amílcar Cabral será “importante” para Cabo Verde e será de “extrema importância” para os demais países, sobretudo os países da União do Rio Mano. A afirmação é do Presidente do Conselho de Administração da Agência de Regulação Multissectorial da Economia (ARME), feita durante um workshop de validação do Estudo de viabilidade para implementação desse cabo

Cabo Verde é oficialmente membro da Aliança Smart África e passa a liderar o projeto "African Submarine Fiber”

Cabo Verde já é oficialmente membro da Aliança Smart África. Um passo de gigante, rumo à implementação da estratégia digital nacional e africana. Com essa entrada Cabo Verde vai assumir a liderança do projeto "African Submarine Fiber".

 Este processo de entrada de Cabo Verde na aliança foi liderado pela Direção Geral de Telecomunicações e Economia Digital (DGTED), em representação do Governo de Cabo Verde.

A SMART Africa é um compromisso, ousado e inovador, dos Chefes de Estado e dos Governos africanos em acelerar o desenvolvimento socioeconómico sustentável no continente, introduzindo a África em uma economia do conhecimento, por meio de acesso fácil à banda larga e uso de Tecnologias de Informação e Comunicação.

Esta aliança é constituída, agora com a Adesão de Cabo Verde, por 28 países e algumas organizações internacionais. Tem como lema "Transformar África num mercado digital único" e como principais objetivos harmonizar políticas legais e processos regulatórios; criar economias de escala para gerar mais procura e condições de mercado mais favoráveis e atrair, em grande escala, investimentos para projetos TIC no continente.

De acordo com o Diretor Geral da DGTED, Eng.º Aruna Handem, Cabo Verde tem feito apostas consistentes e prospetivas para melhorar o desenvolvimento do país, em particular o crescimento do seu setor de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Esses esforços recentes, tem resultado na melhoria da conectividade e na disponibilização de serviços digitais, hospedados em um Data Center de última geração, no recém-criado Parque Tecnológico de Cabo Verde.

Uma nova visão para o setor de TIC articulou três pilares prioritários, que inclui a expansão da infraestrutura de conectividade, melhoria da capacitação, e disponibilização de serviços digitais através do mercado regional. A visão destaca também a importância de estabilizar e disponibilizar uma estrutura de governança e regulatória para acelerar a transformação digital do país, sendo um HUB Regional das TIC.

A aliança trabalha com um modelo através do qual cada país tem um projeto principal, com intenção de partilhar abordagens e melhores práticas com outros países. Por exemplo, Ruanda está a conduzir a iniciativa Smart Cities, e Cabo Verde, a assumir agora o projeto "African Submarine Fiber”.

Para mais informações sobre a aliança: www.smartafrica.org  

Cabo Verde leva 10 projetos de base tech à Web Summit 2019

No âmbito da participação de Cabo Verde no Web Summit, Lisboa 2019, foi lançado um concurso designado de “GoGlobal in Websummit”, que trata-se de um programa anual de imersão, visibilidade e financiamento que visa, por um lado, expor as Startups TIC nacionais ao mercado global, abrindo oportunidade aos jovens inovadores cabo-verdianos de estarem em contato com o que há de mais atual e disruptivo no mundo; e por outro lado, dar visibilidade internacional ao um pacote de incentivos à promoção da transformação digital e desenvolvimento de Ecossistemas de Inovação, posicionando cabo verde como um destino apetecível para empresas globais no setor das TIC que queiram montar os seus “headquarter” nas nossas ilhas.

Vice-Primeiro Ministro empossa Novo Conselho de Administração do NOSi-EPE

O Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Dr. Olavo Correia, empossou nesta segunda-feira, 23 de setembro, às 14h30, na Sala de conferências do Ministério das Finanças – Plateau, os novos membros do Conselho de Administração do Núcleo Operacional da Sociedade de Informação – NOSI.